Visitei: Inhotim

dicas inhotim Em março fui em um dos lugares que eu mais tinha vontade de conhecer: O Inhotim, instituto de arte contemporânea e jardim botânico, que fica em Brumadinho, MG. Já tinha ouvido falar bastante do lugar, lido algumas reportagens, posts em outros blogs mas, mesmo assim, quando cheguei fiquei completamente surpresa.

dicas inhotim

O instituto surgiu em 2004 para abrigar a coleção do empresário Bernardo Paz e vem crescendo desde então. Hoje chega a ser o maior acervo de arte contemporânea do Brasil com obras de artistas como Adriana Varejão, Cildo Meirelles, Tunga, Doug Aitken, Yaoy Kusama entre outros.

arvore

O mais legal de lá, na minha opinião, é que as obras podem estar tanto dentro das galerias como ao livre, em pleno jardim. Aliás o paisagismo é um show à parte. Tem espécies tão raras e bonitas quanto as próprias obras de arte!

A foto aí de cima, da obra Elevazione do italiano Giuseppe Penone, serve bem para mostrar a mistura que acontece entre as duas coisas mais importantes do museu né?! Jardins e arte.

inhotim 2

Outra coisa boa é que você pode interagir com grande parte das obras. Quar nadar na piscina em formato de agenda? Pode! Quer entrar no labirinto criado pela artista  Cristina Iglesias? Pode também!

dicas inhotim

Não sei dizer exatamente quais são as minhas preferidas mas tem duas obras que achei imperdíveis: O Som da terra do Doug Aitkens e Narcissus Garden da Yayoi Kusama.

som da terra

narcissus garden

Onde comer e comprar: O instituto tem vários cafés e restaurantes. O principal chamado Tamboril foi onde almoçamos e é delicioso..buffet com muita variedade. Também tem uma pizzaria e um restaurante a kilo. Para comprinhas existem duas opções. A loja de botânica e a de design, as duas ficam ao lado da recepção.